Arquivo | moda RSS feed for this section

It girls por Ale Garattoni

13 dez

Quem gosta de blogs de beleza e moda, concerteza conhece ou pelo menos já ouviu falar sobre It girls, blog escrito por Ale Garattoni. O blog sempre foi símbolo de referencia e qualidade.

Em agosto Ale resolveu nos deixar órfans (ainda estou de luto!) e revelou seu novo projeto: um livro! Isso mesmo caras bloguetes, agora quem quiser matar a saudade do blog vai ter que comprar o livro, e é claro que vale muito apena!

As it girls são, obviamente, o tema central do livro, que foi desenvolvido a partir dos posts mais acessados doblog. “Escolhi cerca de 60 posts entre mil, dos três anos do blog. Eles foram atualizados e organizados em formatos diferentes, o que torna o livro fresh, até para quem já acompanhava o endereço”, conta a jornalista e blogueira. São 247 páginas  divididas em seis capítulos: Quem quer ser it girl aprenda com…, Moda, Beleza, Etiqueta, Mercado e Viagem.  A  edição está linda demais gente: capa dura e ilustrações de Jade Carvalhido, tudo como um bom livro de moda deve ser.

Sobre a decisão de tirar o bróógui mui amado por todos do ar e partir para a nova fase, Alezita (eu cheia de intimidade né? rsrs) afirma: “Pensei muito antes de ´matar` o blog, mas acredito que o ciclo dele estava completo e era hora de começar algo novo. Mudar faz parte da vida e, por isso, não fiquei apegada ao itgirl.com”. Planos para 2011? “Tenho várias projetos de livros na gaveta e quero lançar um por ano. Afinal, Paulo Coelho rules e eu quero bater a meta dele!” . (BETA GERMANO)

Pois é inovar é preciso! rsrs

O primeiro livro da ex-blogueira foi lançado no dia 08 de dezembro, só para convidadas, na NK store e dia 16 será a vez do publico, na livraria da Vila dos Jardins em São Paulo.

Esse livro será o mais novo livro de cabeceira que toda fashionista deverá ter, quero o meu pra djá!

chuvas de beijocas

por: Raquel Assis

 

 

Anúncios

Mais um blog…

11 dez

Hola chica, que tal estás?

Eu sei que estou em falta com voces, mas voce me entendem né, fim de ano é  sinônimo correria total ! São tantas coisas para resolver antes que se acabe mais um ano que eu fico perdida.

Passei aqui só para matar a saudade e deixar uma dica. Como voces sabe a blogolândia vem ganhando a cada que se passa novos digamos… moradores. O mais novo morador ou melhor moradores são meus amyghos queridos Claudio Machado, Carol Rodrigues e Ylin Caroline, que criaram um blog chamado Nós 3 para dividir com voces suas super aventuras pelas baladas ,dicas de viagens, livros, moda, entre outros assuntos mega interessantes!

Vale muito apena entrar para conferir, fica essa super dica para voces!

aaah! já ia me esquecendo (super desligada né?rsrs) o endereço é vidados3.blogspost.com

beijos beijos

por: Raquel Assis

O glam indica!

9 dez

Essa dica valeu super para as sofredoras (inclusive euzita!) que possuem a pele oleosa. A dream matte mousse da Maybeline é ótima, além de dá um efeito matte para pele (dãã), ela deixa a pele com uma textura aveludada que é incrível e não obstrui os poros, sem contar que sua cobertura é uniforme e mega leve. Já deu para perceber que sou super fã né?

Desde que minha siis me falou sobre esse “milagre em pote”, fui correndo comprar o meu e NUNCA mais fiquei sem. Eu super indico para todas porque além de deixar a pele com aparencia de veludo, o dream matte mousse tem um preço ótimo (meu bolso agradece!), ele está na faixa de R$ 32 a R$ 40 reais, muito bem investidos!

Segundo a Maybelline, a Dream Matte Mousse é a base mais vendida do mundo.

Eu compro a minha Nas Lojas Americanas ou na DrogaRaia da minha cidadela (a.k.a Volta Redonda, eu sei eu sei, não existe volta quadrada, sempre escuto isso, rsrs), mas eu já vi em algumas outras farmácias e na Sack’s (santa Sack’s!) também vendem.

Então isso meninas, é o que tem pra hoje, rsrsrs

Fica a Dica

(Obs: A foto é reprodução porque quando fui tirar a foto da minha mousse, fiquei ate com vergonha, tá na tapa da berada, hahahahaha, foi mal ;x)

beijos beijos

por: Raquel Assis

Senta que lá vem história…

6 dez

Em mais uma tag “clássicos da moda”, vamos falar escrever, hoje sobre um dos maiores ícones da moda- a bolsa da matelasse 2.55 da Chanel.

Essa bolsa está no topo da minha wishlist luxo, juro! No dia em que eu comprar a minha ,e isso vai acontecer um dia, acho que vou fazer até um batizado para ela, haha. Ela merece né gente?

Símbolo de estilo, bom gosto, elegância e status (porque convenhamos que 2.000 EUROS, não é pra qualquer um né girls ;x), a bolsa foi criada pela Mademoiselle Gabrielle Coco Chanel em fevereiro de 1955, daí o nome 2.55.

Coco Chanel queria suas mãos livres e,  inspirada nas bolsas dos soldados e mensageiros que cruzavam Paris de bicicleta, criou a primeira bolsa a tiracolo de que se tem notícia.

Em uma declaração a mademoiselle disse: “estava cansada de carregar minha bolsa na mão e perdê-la, então coloquei uma alça longa e passei a carregá-la no ombro”.

Como em todas as suas criações, aqui também encontramos elementos das corridas de cavalos: a inspiração do matelassê seria as roupas dos jóqueis e as correntes douradas seria as rédeas dos cavalos. Na parte de dentro tem um bolso fechado a zíper que foi criado para guardar cartas secretas de amor (romântico!), além  desses, a bolsa é repleta de detalhes que remetem a história de Chanel.

O modelo original tem o fecho retangular. O fecho com as letras CC entrelaçado somente foi adicionado na década de 80 por Karl Lagarfeld.

Agora se você se pergunta porque tão caro, vai ai umas dicas:

  • O processo de fabricação da bolsa tem cerca de 180 etapas realizadas por funcionários que trabalham na fábrica a no mínimo 17 anos ok?
  • O processo é praticamente 100% manual, passando por 6 atelies durante o processo.
  • Cada bolsa é feita basicamente por couro de 3 cordeiros (tá legal, agora me senti culpada!)
  • A última etapa é a colocação (existe essa palavra? haha) da corrente, e se algo sair errado nessa etapa a bolsa é descartada (dá pra jogar no lixo aqui de casa, eu aceito assim mesmo, rsrs)

Agora deu para entender o preço da bolsa né?

E não adianta esperar por uma crise econômica, que o preço não cai viu? Na última crise econômica mundial o preço da bolsa subiu em 20%! Dá para entender? rsrs

Apesar de ser uma bolsa atemporal, e nunca ter saído de moda, de uns tempo pra cá Largarfeld deve ter aumentado a produção, pois podemos ver várias fashionistas,celebs, socialites e pessoas do gênero desfilando com a sua Chanel 2.55 por ai. E quem estiver atrás da sua, corre já para o shopping Iguatemi que inauguraram uma loja Chanel lá ou para Daslu mais próxima da sua casa e adquira já seu tesouro.

 

beijos beijos

por: Raquel Assis

 

Scarpin bico fino- O retorno

1 dez

Depois de anos esquecidos no fundo das sapateira ou no meu caso entregue a outras pessoas (quero de volta! Rsrsr), os scarpin de bico fino voltam a cena e já podem serem vistos por ai em pés fashions e antenados.

Para quem não sabe… O nome scarpin vem do italiano scarpino, é uma forma reduzida dessa palavra que significa sapato. O clássico que foi popularizado no ano de 1947 por nada mais nada menos do que Christian Dior, que na época quis introduzir uma nova moda para as moçoilas, que estavam vivendo o fim das guerras e do racionamento de tecidos, querendo assim se sentir mais glamourosas e femininas.

 O sapaténhos com bico de matar barata no canto da parede, apareceram em vários desfiles como de Stella McCartney, Balmain e Valentino, que alias lançou o sapato desejo.

Quando eu vi, preciso confessar que me senti um pouco resistente, mas depois de ver alguns looks, percebi que com a produção certa pode ficar super cool.

Os scapins são super versáteis e combinam com todos os estilos, fica bem legal se usado com calça skinny, shorts ou até vestidos, tipo assim:total flex! Haha

 Sapato desejo- Valentino

Carrie em Sex and City 2, arrasou com seu louboutin todo trabalhado no brilho

Olha com short e vestido que lindos, amei!

Adorei esse look, quero sair assim!

 

Desfile Balmain

 

beijos beijos

por: Raquel Assis

Aulinha de História: Trench Coat- Burberry

28 nov

Eu sempre acreditei que tudo e todos nessa vida tem um história, talvez seja por isso que eu adoro coisas antigas, por que sempre vem acompanhados de histórias. Robert Heinlein certa vez disse “Uma geração que ignora a história não tem passado nem futuro”.

E como além de amar história, eu também amo moda, adoro juntar o útil ao agradável. Muitas marcas tem histórias fascinantes e uma dessas marcas é a Burberry, por isso resolvi começar com a tag “clássicos da moda” por ela. 

Burberry foi fundada em 1856, quando com 21 anos de idade, Thomas Burberry, um aprendiz de draper antigo, abriu sua própria loja em Basingstoke, Hampshire, Inglaterra.

Em 1870, a empresa tinha se estabelecido pelo foco no desenvolvimento de roupas ao ar livre.

Mas tudo começou mesmo, quando Thomas Burberry em 1879, criou uma capa impermeável feita de gabardine ( técnica criada e patenteada pelo Sr. Burberry). Em 1914, para atender ao seu principal cliente- os soldados britânicos, o modelo foi adaptado com modelagem ampla, fenda traseira, ombreiras, pala larga nas costas, tiras com fivelas nos punhos, aba abotoada no ombro e bolsos fechados com tampas para melhor acomodar os pertences dos soldados.

O modelo agradou tanto que os concorrentes começaram a fazer modelos parecidos (assim começou o tal do inspired) e as propagandas se multiplicaram fazendo do trench coat marca registrada da I Guerra mundial.

Ao pé da letra trench coat signifca “casaco das trincheiras”, nada mais óbvio, levando em conta sua origem militarísca.

Antes da Guerra, os trench coat eram um item opcional para os oficiais do exército inglês. Entre 1914 e 1918, ele se tornou tão popular que as fábricas venderam mais de 500.000 peças. O segredo estava nos detalhes funcionais. A aba no peito era um reforço para o soldado apoiar a arma; a abas sobre os ombros serviam para carregar o quepe dobrado ou mapas. O punho, ajustado, protegia do vento frio.
 
De volta para casa, no final da Guerra, meio milhão de soldados adotaram versões simplificadas dos trench coat no dia a dia. Como as confecções que forneciam para o exército começavam a fabricar roupas para civis, foi natural que os modelos ganhasse as ruas. Os modelos mais tradicionais da Burberry começavam a se misturar a versões que reflectiam o estilo do século XX.

Nos anos 20, Burberry cria um ícone- o forro xadrez, também conhecidos com “Check Burberry’s” para seus trench coat. Em 1997, Rose Marie Bravo veio a bordo como chfe-executivo e passou a liderar a empresa, e assim começou o seu pleno potencial como uma marca de luxo. Em 1998, a Burberry Prorsum coleção ready-to-wear, foi lançada por Roberto Menichetti que depois veio a bordo como o diretor criativo.

Com a campanha de publicidade feita por Mario Testino e estrelado por Kate Moss e Stella Tennant seguia a reformulação da imagem da Burberry, conservadora, jovem e sexy ao mesmo tempo enfatizando a sua excelência.

Desde de então o trench coat virou símbolo de elegância, mistério e sensualidade, e faz parte das fascinantes história da moda.

Os trench coat estão com tudo e faz parte do guarda-roupa de fashionista, com essa onda militar é um must have para os dias mais frios.

beijos beijos

por: Raquel Assis

(obs: foi mal pelas cores variadas das letras, deu a loka hoje, haha)

Inspiração do dia!

27 nov

Preciso dizer alguma coisa?

beijos beijos

por: Raquel Assis

Se amarre!

27 nov

Desde que a Prada colocou os turbantes  nas passarelas, há três anos, o acessório não saiu mais de cena. Kate Moss, em 2009, usou um no baile do Met, juntamente com seu phyníssimo amigo Marc Jobs, que também ama o adereço. Donna Karan não ficou de fora e  já o inclui em suas coleções. Celebs como  Madonna, Sarah Jessica Parker e Ashley Olsen  foram fotografadas com os seus.

O turbante consiste em uma grande tira de pano enrolada sobre a cabeça, e de uso muito comum no Oriente Médio, principalmente entre os muçulmanos.
A origem do turbante é desconhecida, mas sabe-se que já era usado no Oriente muito antes do surgimento do islamismo.

Na década de 1960 eles foram bem populares, mas não eram amarrados da mesma forma que os dos homens, presos à frente da cabeça. Usando longos lenços, elas primeiro amarravam as pontas à frente da cabeça e depois, passando as pontas pela testa, as prendiam na nuca.

Por aqui  grifes com Neon e Huis Clos já mostraram seus modelitos e como era de se esperar as celebs e fashionistas brazucas aceitaram a tendência de portas abertas!

Eu acho o acessório o máximo, dá muita personalidade ao look. Acho que não usaria aquele que tampa a cabeça toda, mas o que fica tipo uma tiara acho perfeito demais e já já vou  aparecer com o um por ai. Mas antes de encarnarmos  a Ava Gadner, algumas dicas são importantes:

  1. amarre e desamarre até pegar jeito, assim quando for usar pra valer não vai ficar insegura e não correrá o risco dele soltar da sua cabeça no meio da rua.
  2. se  ainda assim você não se sentir segura, existem modelos que já vem amarrados, é ótimo e prático.
  3. Capriche na Make , pois como é um acessório diferente e vai deixar seu rosto em foco.
  4. Opte por peças descomplicadas! Quando se usa um turbante a atenção vai toda para ele, então use-o com peças neutras, para não fica over ou muito caricata.
  5. Escolha tons que iluminem sua pele.
  6. Se divirta! A moda também é diversão e turbantes são peças divertidas então …DIVRITA-SE!

Não sabe como amarrar? O glam te ajuda!

 1 – Dobre o lenço ao meio no formato de um triângulo e em seguida dobre a ponta até formar uma faixa. 2– Segurando as duas pontas, posicione o lenço na parte de trás da cabeça. 3– Cruze as pontas uma vez, de maneira que a extremidade que estava na mão esquerda fique na mão direita, e vice-versa

4– Gire mais uma vez as pontas para formar um “nó”, de maneira que cada extremidade voltará para as mãos originais. 5– Volte as pontas para a parte de trás da cabeça e dê um nó para ficar firme. 6– Se preferir você pode esconder a amarração por dentro do lenço.

Então é isso meu amores, espero que vocês tenham gostado e se resolverem aderir a moda tirem fotuxas e me mandem viu!

beijos beijos

por: Raquel Assis

Moda para todas

24 nov

Salve Salve bloguetes de my heart! rsrs

Bem, hoje eu estava passaendo por alguns blogs e sites e acabei caindo de paraquedas em um site de street style, no mínimo diferente do que eu costumo entrar. As fotos era de looks usados por meninas mais cheinhas e super estilosas, achei aquilo tão legal diante do que muitas vezes nos é passado, de que a moda é feita para as Olivia Palito da vida, que resolvi fazer um post.

A moda é arte e como toda arte ela geralmente é ligada a manifestações de ordem estética, feita por artistas a partir de percepção, emoções e ideias, com o objetivo de estimular essas instâncias de consciência em um ou mais espectadores  (ok! confesso que essa frase eu peguei no google, haha), e confesso também que durante toda a minha vida assim como outras garotas sempre fui muito ligada a moda e modices lançada pela mesma e acabei buscando ser algo que eu não sou como por exemplo: jamais terei o corpo da Kate Moss.

Mas moda não é só um corpo magro, é muito mais. A moda é composta de diversos estilos que podem ter sido influenciados sob vários aspectos e ela foi feita para todos e todas. Essas meninas do Young, Fat and Fabulous (site que eu falei), no mostra isso com clareza. São meninas lindas e estilosas que quebram tabus e mostram que a moda é para todos sim!

Amei amei e aprendi muito também, tudo isso através de fotos.

Vale super apena entrar e conferir: http://www.youngfatandfabulous.com/

  • falando nisso…

Como eu já falei acima eu adorei sites de street style, e um dos que eu mais gosto é RIOetc, que tras looks usados pelas cariocas. E fiquei super empolgada quando soube do seu livro recém-lançado em comemoração aos 3 anos de site.

O livro tras mais de 150 páginas rechadas com as melhores fotos já postada no site e loga estará a venda exclusivamente nas lojas Farm, Dress to e Maria Filó e também será vendido virtualmente nos sites Fashion Delivery e Farfetch.

O precinho tá bem legal, R$53, ótimo para presentear amigos fashionistas neste natal, inclusive eu! rsrsrs

(fotos: young, fat and fabolous e achados de bia)

beijos beijos

por:Raquel Assis

Looks American Music Awards

23 nov

Esse final de semana rolou o American Music Awards, que como sempre trouxe várias cantoras e o que realmente nos interessa… looks!

Para começar vou falar sobre Taylor Swift que na minha humilde opinion está lindíssima, acho que ela ficou bem com esse cabelo liso, tava parecendo uma barbie. Adorei!

Miley Cyrus foi outra que me surpreendeu, talvez esse seja o look que eu mais gostei, a diva teen pop tava toda trabalhada de marchesa que concerteza vai pra minha pasta de inspiração!

Katy Perry.. essa realmente me surpreendeu, mas ainda não sei se eu gostei or not, vai ver é porque eu estou acustumada com aquele estilo pin up dela. Achei bem discretinho seu vestido, com muita cara de coadjuvante mas….. feio não tava não!

Fergie também estava bem bonita, gostei do seu vestido, combinou bem com o estilo dela no melhor sentido da frase! haha

Mas como tudo que é bom dura pouco…. teve gente fazendo feio no red carped

Ke$ha? bem o que falar?… Que tal alguém avisar que o halloween já passou? rsrs

Rihanna… estava com um look no mínimo duvidoso, acho que tava era vermelho demais, o dress era bonita mas acho que trocaria a cor ou será o cabelo??

E voce moçoilas, o que acharam? quero comentários viu! estou sentindo falta!

beijos beijos

por: Raquel Assis